Menu
Entrar Entrar

27 3208.3292

Artigos

Esperando em Deus

Por Pati Geiger | 05 de Fevereiro de 2012
Esperando em Deus

 

Como a maioria das meninas cristãs, como eu, estava esperando em Deus para que Ele me trouxesse meu marido, meu homem perfeito. (Claro que ele não seria perfeito, mas quase perfeito, pelo menos para mim.) Alguns caras legais entravam e saíam da minha vida até o ensino médio e na faculdade e eu achava que alguns deles realmente eram o que eu estava esperando.
 
Era geralmente a mesma história: eu gostava do cara, passava um tempo analisando se ele poderia ser “O cara”, tinha muitas conversas ao telefone com ele e, normalmente, fui a alguns encontros. Em algum momento na relação (algumas semanas ou até alguns meses) eu percebia que ele não poderia ser o que eu estava esperando e depois terminava o relacionamento. Este ciclo foi lamentável e decepcionante.
 
Finalmente, em setembro de 2005, Deus revelou o erro na minha atitude de esperar em Deus pelo meu marido.
 
“Estou esperando em Deus para me trazer o meu marido.”
 
Há algo de errado com esta afirmação? Pode até não parecer bem assim. É bom e direito esperar o tempo de Deus sobre o casamento e namoro em vez de tentar fazer as coisas à nossa maneira. Mas se essa é a única coisa que nós estamos esperando, nós temos uma perspectiva errada.
 
Imagine o seguinte: Você está em um restaurante e acaba de pedir uma pizza. Um amigo entra e se senta com você e pergunta: “O que você está fazendo?” E você responde: “Estou esperando o garçom me trazer a minha pizza.” (Será que essa frase soa familiar?)
 
Neste exemplo, você não tem muita consideração para o garçom. O garçom é apenas o veículo através do qual você recebe o que você realmente quer: a sua pizza. Você não está esperando o garçom vir e sentar e conversar com você, mas para simplesmente entregar a pizza.
 
“Estou esperando em Deus para me trazer o meu marido.” O que te motiva mais:

Comente este Artigo

Comentários