Home Artigos “Casamento não é para mim!”. Será?

“Casamento não é para mim!”. Será?

270
0

Ontem, no grupo dos colunistas, conversamos sobre a quantidade de pessoas que dizem que não creem no amor entre homem e mulher, nos comentários dos posts do EEE.

É algo assustador, quando vem de pessoas que se dizem cristãs. Pois o amor vem de Deus. Deus é o próprio amor.

Muitas são as causas que levam as pessoas a ter esse tipo de ideia, mas para algumas serve como desculpa para se relacionar sem ter que se comprometer.

"Sou cristão e não quero me casar. Casamento não é algo para mim."

Muitas vezes, quem fala isso não quer se casar, mas quer os privilégios do casamento.

Casamento não é para você?

Então, você acabou de descobrir que tem o chamado para o celibato. *contém ironia*

Porque se você quer se relacionar (inclusive sexualmente), mas não quer se casar, não é o celibato que você descobriu, mas a necessidade de arrependimento.

Deus criou o casamento e a família. Nos deu essa benção. Nem todos viverão isso. Porém, não viver isso deve ser por causa do chamado ao celibato.

O celibatário crê no amor entre homem e mulher, reconhece que é uma benção de Deus, mas renuncia para se dedicar a Deus e ao Reino.

E o que é o celibato?

Uma vida dedicada a Deus.
Sem casamento.
Sem relacionamento romântico.
Sem intimidades físicas e sentimentais.
Sem relação sexual.
É assim que funciona, okay?!

Fora disso, não é celibato.

Não é pecado não querer se casar. Mas é pecado, se a motivação for viver uma vida sem compromisso com Deus, mas de compromisso com as vontades da carne.

Deus está te chamando ao arrependimento.
Arrependa-se! Peça perdão!
Os fornicadores não herdarão os céus se não se arrepender.
Paz com o pecado é guerra contra Deus.

O filho dEle, Jesus, teve que morrer para que você pudesse viver na presença dEle. Plenamente. Eternamente.

Peça ajuda a Deus para descobrir porque você não quer se casar. Procure seus líderes. Busque ajuda profissional também.

A família é projeto de Deus para você. Não troque a benção de ter uma família por algumas companhias prazerosas.

Principalmente, não troque a eternidade com Deus por causa de momentos de prazer.

Até o próximo!
Grande abraço!
Graça e a paz!

Cassio Mota Pedroso
Instagram: @cassiomotapedroso

Foto: Morsa Images, no iStock.

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: