Home Artigos Dicas práticas para guardar a sexualidade até o casamento.

Dicas práticas para guardar a sexualidade até o casamento.

365
0

Neste texto queto te encorajar a entender a importância de se guardar até o casamento e te dar dicas práticas para resistir à tentação. Eu me guardei por 12 anos e no início foi bem desafiador.

Nos primeiros meses depois de ter tido uma vida ativa, é normal que você tenha que lidar com algumas lutas, mas ao longo do tempo você vai criando maturidade e aprendendo a como lidar tanto com a abstinência quanto com a opinião das pessoas.

Acho que cada um é que sabe o que é melhor para si. Num mundo tão se.xuali. zado soa como loucura se guardar, mas importante é a prespectiva a longo prazo. Trazer à memória o que pode te dar esperança (Lm 3:21) e ter em mente o seu futuro e o que você quer gerar.

Para ter um relacionamento saudável e alinhado com princípios bíblicos, você precisa de algumas dicas práticas para lidar com a abstinência e quero copartilhara aqui: 

  1. 1- Ocupe a mente com as coisas do céu (Fp 4:8, MT 6:33) – Leia, veja conteúdos edificantes, ouça louvores e ocupe a mente com coisas celestiais. Isso te ajuda a não permitir que o “fogo acenda” no momento desnecessário. 
  2. Cuidado com o que aparece no seu feed: Sabe aqueles artistas que você admira, mas que do nada postam umas fotos estranhas, com pouca roupa que te despertam vários desejsos? E aquela amiga prima vizinha colega que não posta nada edificante, mas que você quer continuar acompanhando pra não perder a amizade. Fala sério? Essas pessoas vão te salvar do inferno? Então porque continuar consumindo o conteúdo que não te edifica, entristece o Senhor e só te traz tentação?? Vigia! 

  3. Procure uma válvula de escape para produzir hormônios saudáveis da fecilidade com atividades que te deem prazer enquanto você espera. Por exemplo, a prática da atividade física é uma excelente alternativa para produzir adrenalina, serotonina que são substâncias que o seu corpo precisa.  Assim você não fica “subindo pelas paredes” e acaba pecando,  se resolvendo “sozinho” porque não tem para onde direcionar a sua energia acumulada.

Conhecer os seus limites faz toda a diferença na hora de lidar com a tentação. Fortaleça o seu corpo e o seu espírito e você vai tirar de letra essa fase.

“Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que desconhecem a Deus.” 1 Ts 4:4-5

Como você lida com a abstinência? É desafiador para você?

Um forte abraço, 

Carla Duarte (@carladuarte.rj)

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: