Home Artigos Estar solteiro(a) não é estar sozinho(a). Tem muita gente namorando e vivendo...

Estar solteiro(a) não é estar sozinho(a). Tem muita gente namorando e vivendo uma solidão a dois.

1330
0

 A gente precisa parar de achar que relacionamento é sinônimo de solidão. Tem aquela visão de "nossa tão bonito(a) e está sozinho(a)?" 

Pera aí, desde quando não ter alguém para partilhar a vida é sinônimo de solidão? E se você que está solteiro(a) está lendo isso e pensando: "mas não é isso mesmo, Thamilly?" Eu te digo que a sua trajetória de espera precisa incluir amor próprio. 

E isso inclui: amar a sua companhia. Investir em si mesmo(a). Investir em projetos pessoais. Em sonhos. Em ministérios. É sobre você se envolver com coisas que te acrescentam e fortalecer, absurdamente, o seu relacionamento com Deus. 

Tem muita gente querendo se relacionar por desespero. Porque todo mundo tá namorando. Porque não suporta a sua própria companhia. Então te digo: são motivos errados. E começando errado, a chance de você se machucar é enorme. 

Você pode se machucar porque está depositando sua felicidade nas mãos de alguém que é tão falho(a) quanto você. Pode se machucar por esperar demais uma coisa que só você pode fazer por você mesmo. 

Você pode se ferir porque vai se distanciando dos propósitos de Deus para você, simplesmente porque tenta a todo custo, se encaixar em padrões.

Tenta suprir uma carência. Um status social. Sem processos. Sem espera. Sem renuncia. Sem entrega a Deus, antes de se entregar a alguém. 

Por isso: estar solteiro(a) não é sobre estar infeliz ou sozinho(a) é sobre estar esperando na certeza de que o Deus a quem eu me entrego todos os dias, cuida de entregar aquilo que peço a Ele todos os dias. 

Thamilly Rozendo

@thamillyyrozendo 

Foto: Priscilla Du preez

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: