Home Artigos O que o relacionamento de Davi e Bate-seba nos ensina?

O que o relacionamento de Davi e Bate-seba nos ensina?

164
0

Quantos casamentos são destruídos hoje em dia devido à traição de um dos cônjuges? Quantas famílias são machucadas devido ao pecado?

Casais que disseram SIM ao casamento, ao compromisso, a aliança e esse compromisso é quebrado devido ao surgimento de uma terceira pessoa nessa relação. Podemos encontrar na Bíblia uma história de adultério que não teve um final muito feliz.

Davi era o rei do povo de Deus. Um homem segundo o coração de Deus e um servo do Senhor. Porém, ele deixou os desejos do seu coração falarem mais alto e por algum tempo se esqueceu dos mandamentos de Deus. Davi desejou Bate-Seba, mesmo ela sendo casada, e ele também.

E Davi foi mais além. Depois que descobriu que Bate-Seba havia engravidado, ele mandou seu marido Urias a frente da batalha só para que ele fosse morto e Davi conseguisse encobrir o seu erro. Deus perdoou Davi porém, o seu erro teve muitas consequências, e uma delas foi a morte do seu primeiro filho com Bate-Seba.

Assim como Davi, nós somos fracos, falhos e pecadores. Pecamos e erramos o tempo todo e muitas vezes a carne fala mais alto que o espírito. Algumas vezes não raciocinamos e simplesmente agimos sem pensar nas consequências.

O desejo do Senhor é que sejamos fiéis ao nosso parceiro (a). Deus leva esse assunto tão a sério que incluiu nos dez mandamentos um mandamento a respeito disso: “Não adulterarás” (Êxodo 20:14). Cometer adultério não é apenas um pecado contra o seu esposo ou a sua mulher. É um pecado contra Deus e vai contra os seus mandamentos.

Quando você faz uma aliança com o seu cônjuge e promete ser fiel, você também está fazendo uma aliança com o Senhor.

Acredito que a maior lição que podemos tirar da história de Davi e Bate-Seba é a vigilância. O inimigo não gosta do casamento e ele quer destruir as famílias, os casamentos.

Cuide do seu casamento, mas cuide também do seu coração. Coloque sempre em primeiro lugar o seu relacionamento com Deus e em seguida o seu relacionamento com o seu cônjuge.

Feche os olhos para a tentação, não deixe que um momento destrua uma vida. Escolha amar seu esposo (a) todos os dias e escolha ser fiel. Escolha não quebrar a aliança que você fez no altar e escolha a vontade de Deus.

Um abraço apertado.

Danielle Luppi Colombari
Instagram: @dlcolombari
Foto: Nika Zhorzholiani

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: