Home Artigos Onde o ego existe, o amor desiste

Onde o ego existe, o amor desiste

195
0

Você com certeza já deve ter visto por aí essa frase: “Onde o ego existe, o amor desiste”, e ela nunca foi tão real como nos tempos em que vivemos. 

Eu já disse isso em outros textos, mas vale repetir, estamos diante de uma geração que quer ser amada e amar, mas não abre mão do orgulho. 

Pessoas que gostam, que amam, e acham que a melhor forma de demonstrar isso é se afastando, dando gelo, desprezando o outro. 

O amor não resiste ao desinteresse. As pessoas não são descartáveis. Temos que ter cuidado ao tocar outro coração. Somos responsáveis por aquilo que cultivamos em alguém. 

Qualquer relacionamento em nossa vida não tem espaço para egoísmo. Quando encontrar alguém em sua vida, alguém que você sabe que vale a pena construir seu futuro ao lado dela, não permita que o orgulho os afaste. 

A Bíblia nos ensina em I Coríntios 13, que o amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. 

Aonde existe amor não existe espaço para vaidade, egos inflados e muito menos orgulho. Aonde o amor existe, há simplicidade e zelo por aquilo que depois de tanto tempo, finamente, encontramos. 

Por isso, ao encontrar alguém, não deixe que o orgulho construa barreiras entre vocês. Pelo contrário, deixe que o amor construa pontes entre vocês. O amor agradece. 

Karine Irmer 
Instagram: @karineirmer

Imagem de Panajiotis em pixabay

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: