Home Artigos Não case plantando a semente do divórcio

Não case plantando a semente do divórcio

842
0

Algumas pessoas se casam para:

– Ter relação sexual com a consciência tranquila.
– Adquirir status social.
– Alcançar consagração e/ou cargos.
– Sair da casa dos pais.
– Etc.

Resultado?
Divórcios e mais divórcios.

Agora veja trechos de uma matéria da revista Veja, em 2017, sobre dados do IBGE:

"Quarenta anos após a instituição da lei do Divórcio no Brasil, um a cada três casamentos termina em separação no país.

O número de dissoluções disparou com o passar dos anos.

Em 1984, elas representavam cerca de 10% do universo de casamentos, com 93.300 divórcios.

Essa correlação saltou para 31,4% em 2016 – com 1,1 milhão de matrimônios e 344.000 separações".

Eu pesquisei e descobri que o Censo de 2010 do IBGE indicou que 86,8% dos brasileiros eram cristãos, com 64,6% de católicos e 22,2% de evangélicos.

E em 2020, o Datafolha publicou uma pesquisa que apontava 81% dos brasileiros sendo cristãos, com 50% de católicos e 31% de evangélicos.

A população do Brasil em 2010 era de quase 200 milhões e em 2020 era de mais de 210 milhões.

Fazer uma relação entre os números de divórcios e quantidade de cristãos no Brasil nos leva a uma triste conclusão:

A banalização do divórcio é uma realidade entre os cristãos brasileiros.

A ignorância dos propósitos do casamento, a dureza do coração, os desejos egoístas daqueles que estão se casando, aliados a alguns outros fatores, estão normatizando algo que Deus nunca quis: divórcio.

"Tornaram eles: Moisés permitiu lavrar carta de divórcio e repudiar. Mas Jesus lhes disse: Por causa da dureza do vosso coração, ele vos deixou escrito esse mandamento; porém, desde o princípio da criação, Deus os fez homem e mulher.

Por isso, deixará o homem a seu pai e mãe [e unir-se-á a sua mulher], e, com sua mulher, serão os dois uma só carne. De modo que já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem." [Marcos 10:4‭-‬9]

Cristãos não devem desvalorizar o que Deus valoriza, e casar pensando "se não der certo, separa".

Parem com isso! Parem agora! Nós fomos chamados para revelar a glória de Deus em tudo o que fazemos, não para destruir o valor de algo tão lindo que Ele instituiu.

Até o próximo!
Grande abraço!
Graça e a paz!

Cassio Mota Pedroso
Instagram: @cassiomotapedroso

Foto: FotografieLink, iStock.

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: