Home Artigos O desejo sexual é algo normal na vida de todas as pessoas

O desejo sexual é algo normal na vida de todas as pessoas

193
0

Em nossas igrejas, não é difícil encontrar mulheres que tenha decidido obedecer às orientações de Deus se mantendo pura (mesmo não sendo mais virgem) e se guardando até o casamento, mas, em contrapartida, seu namorado não; em vez disso, ele tenta praticar sexo sempre que a oportunidade que lhe aparece.

É bem verdade que o contrário também existe: mulheres (e não homens) tentando avançar o sinal e buscando sexo antes do casamento.

O desejo sexual é algo normal na vida de todas as pessoas (inclusive dos cristãos de verdade). Mas, quando esse desejo é despertado, as pessoas agem basicamente de duas maneiras, dependendo de como são elas. 

Primeiro, há pessoas que são realmente de Deus, mas que, por algum descuido, se permitem a um namoro mais intenso, mais quente, despertando em ambos um desejo quase bem próximo ao pecado. Nesse caso, os dois juntos se arrependem e aprendem a lição de não ficarem mais sozinhos em locais que favoreçam essa “brincadeira” tentadora. 

No segundo caso, há pessoas que, além de não ajudarem você a viver em santidade, vivem induzindo-o a pecar sem o menor temor a Deus. O pior é a série de desculpas esfarrapadas e demoníacas de alguns, que dizem: “Se você me ama de verdade, precisamos ser mais íntimos”; “A gente vai se casar mesmo… Então não precisamos mais esperar pra fazer sexo”; “ É melhor a gente se conhecer sexualmente antes, pra ver se somos compatíveis no casamento”… Os argumentos são os mais variados, mas, como já dissemos, esse é o tipo de pessoa com quem você precisa terminar urgentemente, pois não demonstra nenhum arrependimento e ainda tenta distorcer as verdades de Deus.

Mas independentemente da sua situação (se evitando ou buscando sexo durante o namoro), saiba que é perfeitamente possível você passar a viver, hoje, uma vida em santidade. Quando colocamos nossas experiências negativas nas mãos do Senhor, Ele as transforma em bençãos de verdade. Portanto, ore, confesse suas fraquezas e se arrependa. 

Nenhum tipo de pecado pode ser maior que o sacrifício de Jesus na cruz por mim e por você. Pense nisso!

texto: marco_e_clau
imagem: unsplash.com (Jonathan BorbanoUnsplash)

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: