Home Artigos Ser interessante para os outros: essa é a sua prioridade?

Ser interessante para os outros: essa é a sua prioridade?

15
0

A sociedade não perdoa!

Se você é solteiro e está há muito tempo sozinho, sabe bem do que eu vou falar.  

Há uma cultura equivocada de que ser solteiro é algo ruim e de que, por isso, você precisa fazer o possível e o impossível pra ser aceito (até mais pelos homens do que por Deus).

Só que, como cristãos que buscamos ser transformados, não devemos nos conformar com essa atitude egoísta e imatura.

No início da minha caminhada cristã, já fui muito infantil.

Sofria tentando conquistar a qualquer custo a garota mais linda, a mais popular.

E, se não fosse crente, ainda pensava: “Tudo bem…Vou ganhá-la pra Jesus”!

Nessa infantilidade, eu priorizava minha aparência física, minha falsa intelectualidade…

E, convenhamos, muita gente também age assim: “Cabelo ok! Unha ok! Maquiagem ok!…”

Mas será que é só isso? O que nos faz chamar, de fato, a atenção das pessoas e de Deus?

Quanto sofrimento eu poderia ter evitado – pra mim e pra elas!

Até que, depois de tantos erros, dei um basta a essa situação e resolvi não mais fazer do meu jeito, mas, sim, do jeito de Deus!

Portanto, pare de se preocupar em ser aceito pelas pessoas e permaneça firme, tendo foco, mesmo que isso custe a sua impopularidade.

Preocupe-se em ser aprovado por Deus.

E, quando isso acontece, Ele começa a direcioná-lo a fazer coisas que, a princípio, parecem que não vão dar em nada, mas, acredite, vai valer a pena seguir as orientações dEle!

Deus faz assim: quando você menos espera, as bênçãos dEle começam a ir ao seu encontro.  

Então, por buscar ser obediente a Ele, você vai se sentir a cada dia mais confiante e feliz pela intimidade que terá com o Pai.

Somente quem quer ser íntimo de Deus (guiado pelo Espírito Santo) consegue ter a verdadeira alegria, que vem do Senhor.

E aí, focado nas coisas do Reino, essa pessoa, quando menos espera, pode ver o amor acontecer.

Até a próxima quinzena!

Marco Aurelio
Instagram: @marco_e_clau

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: