Home Artigos Você pode estar defraudando alguém sem querer

Você pode estar defraudando alguém sem querer

284
0

"Eu só estou sendo quem eu sou" por muito tempo foi a minha melhor desculpa para não assumir a responsabilidade por ter corrido o risco de defraudar alguém, ou ter defraudado, de fato.

Uma vez eu sei que fiz. Infelizmente. Não me orgulho.

Por que é uma desculpa?
Porque não basta ser o que eu sou, tenho que ser o que Deus quer que eu seja.

Se o que eu sou abre margem para alguém achar que estou demonstrando interesse, eu preciso mudar.

Sim, há sempre as pessoas "emocionadas" que criam ilusões nas suas mentes, porém estou falando daquelas que são mais pés-no-chão. Elas também podem confundir.

Eu aprendi a duras penas que a defraudação é uma das atitudes mais covardes que podemos cometer. E infelizmente também sofrer.

Agir de forma a deixar alguém nutrir sentimentos que você não tem intenção de corresponder, é desleal, desumano. E é pecado!

Fui defraudado mais que uma vez. Talvez em alguma delas eu tenha sido o "emocionado". Mas sei que fui defraudado. E dói muito.

Então, Deus tem falado comigo que não é certo eu ser quem eu amo ser, se isso me faz correr o risco de ser mal entendido.

Portanto, eu decidi que não serei mais quem eu amo ser, já que isso fere o que Deus quer que eu seja. Eu amo mais a Deus. E quero seguir ao mandamento dEle: Amar ao próximo como a mim mesmo.

Eu não quero nunca mais ser defraudado, nem que seja por alguém sem a intenção de fazer.

Se eu me amo a ponto de não querer ser mais defraudado, vou amar a quem tem contato comigo: A única pessoa que terá condições de interpretar interesse será a que de fato eu quiser demonstrar.

As "emocionadas" terão que forçar muito para achar interesse no meu comportamento.

Entenda, estou falando sobre rever meus comportamentos que podem ser vistos como demonstração de interesse, não que vou agir com indiferença ou algo parecido.

Dito isso: Te sugiro ler tudo que escrevi novamente, com calma, e tomar as devidas providências para que não defraude ninguém também.

Prometam, ó mulheres de Jerusalém, pelas gazelas e corças selvagens, que não despertarão o amor antes do tempo.
Cântico 3:5

Até o próximo!
Grande abraço!
Graça e a paz!

Cassio Mota Pedroso
Instagram: @cassiomotapedroso

Foto: Ridofranz, no iStock.

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: