Home Artigos Milagres!

Milagres!

851
0

Jesus operou muitos milagres quando esteve aqui nessa terra: transformou água em vinho, multiplicou pães e peixes, andou sobre as águas, e muitos outros. Mas hoje eu quero falar de um milagre específico.

Mateus 9:27 diz “Saindo Jesus dali, dois cegos o seguiram, clamando:’Filho de Davi, tem misericórdia de nós!”

Quando lemos Mateus 9 vemos que aquele foi um dia agitado para Jesus: Ele curou um paralítico, chamou Mateus para o seguir, curou a mulher com fluxo de sangue por 12 anos, ressuscitou a filha de Jairo, foi para a cinagoga.

Aquele cegos nunca viram Jesus operar nenhum milagre antes. Apenas escutaram rumores naquele dia agitado.

E quando nós não vemos nada? Ou não ouvimos nada? O que fazemos?

Isso não significa que Deus não está agindo e trabalhando. Precisamos lembrar que às vezes os nossos olhos não enxergam mas a nossa precisa enxenrgar.

Talvez nós estamos tão cegos que não conseguimos ver o trabalho e os milagres de Deus em nossa vida, diariamente.

Pequenos milagres também são milagres, como um lugar para estacionar o carro, ou ter dinheiro para pagar as contas naquele mês. Pequenas coisas que acontecem com a gente o tempo todo são pequenos milagres. São nas pequenas coisas que vemos Deus trabalhando e agindo em nossas vidas.

Voltando para a história dos cegos. Mateus 9:28-29 diz – “Entrando ele em casa, os cegos se aproximaram, e ele lhes perguntou: ‘Vocês creem que eu sou capaz de fazer isso?’ Eles responderam: ‘Sim, Senhor! E ele tocando nos olhos deles disse: ‘que seja feito segundo a fé que vocês tem!’”.

Aqueles cegos foram curados porque eles creram,. O milagre parte do coração de Jesus, mas a atitude parte do nosso coração.

Talvez aquela resposta ou aquele milagre que você tem esperado tanto tempo está dependendo unicamente da sua attitude e da sua escolha de crer.

Lembre que nós não entregamos a nossa vida a Jesus a toa não. Nós nos entregamos porque cremos em um Deus de milagres!

Um abraço apertado!

Danielle Luppi Colombari
Instagram: @dlcolombari
Foto: Marcos Paulo Prado

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: